Os influenciadores digitais, também chamados de influencers, são hoje uma parte fundamental da estratégia de marketing e comunicação. Nós já falamos sobre o conceito de influence marketing e como implantar na sua empresa aqui.

Mas você sabe identificar os influenciadores?

Vamos começar pelo conceito em si: influenciadores digitais são pessoas cujos perfis nas redes sociais atingem um grande público. Isso faz com que influenciem o comportamento de consumo e estilo de vida de outros usuários das redes. É uma ampliação e massificação da ideia do boca-a-boca. Sabe quando você pedia àquele amigo que entende tudo de vinhos uma recomendação? O influencer é esse seu amigo, mas com microfone digital e num formato mais publicitário.

Foi há cerca de 10 anos que os bloggers, ou blogueiros, começaram a estourar no Brasil. As agências de comunicação passaram a ficar atentas a este movimento. A Fatto foi uma das pioneiras no Sul do Brasil, estabelecendo novos canais de conteúdo e relacionamento com estes públicos de interesse. Expandiu o contato entre jornalistas para a rede de bloggers de temas relacionados aos seus clientes.

A estratégia deu certo, os blogueiros se especializaram e se tornaram grandes referências nas mais diversas áreas. Hoje aqui na Fatto, temos contato diário com especialistas em gastronomia, decoração, moda, beleza, entre muitos outros assuntos. Estes profissionais que uma vez já denominaram-se blogueiros, nome diretamente associado à plataforma de conteúdo que eles utilizavam, hoje são os influenciadores digitais.

O trabalho dos influenciadores se expandiu. Não basta apenas um blog, é preciso gerir uma página no Facebook, em alguns casos Linkedin, um perfil no Snapchat, outro no Pinterest, no Tumblr, e atualmente nas duas plataformas de maior sucesso de audiência e melhor retorno: Instagram e Youtube.

Ser influencer é trabalho o tempo inteiro, com tantos canais a abastecer e conteúdo a produzir. Por isso é importante levar em consideração a dedicação do profissional ao seu conteúdo, e o seu comprometimento com o seu público, antes de enviar qualquer material ou propor uma parceria. Ninguém, de nenhum dos lados, está fazendo um favor ao outro. O relacionamento de uma marca com um influenciador é um negócio, uma transação comercial, e deve ser levada com o respeito que qualquer troca comercial merece.

Aqui vão algumas dicas de como escolher os seus influenciadores e como criar um relacionamento com estes públicos:

1. Seja empático

Como em qualquer relacionamento que você está construindo, seja na vida profissional ou na vida pessoal, a empatia deve ser a primeira regra. Olhe com atenção para o conteúdo daquele influenciador, para o trabalho dele. O que ele publica lhe interessa, ou interessa ao seu público? O que você poderia oferecer para ele com a sua marca que ele também fosse “ganhar”, e não falo só monetariamente, pense no que você pode acrescentar à marca dele tanto como ele vai acrescentar à sua.

2. Descubre os seus nichos

A melhor parte de trabalhar com influenciadores é atingir nichos muito específicos que talvez a sua marca não atingisse com a publicidade tradicional. Procure os nichos que façam sentido para a sua marca e invista nos microinfluenciadores relacionados. Microinfluenciadores são aqueles perfis com pouco mais de 5mil seguidores, ou até menos dependendo da região e do micro grupo, mas que não alcançam as centenas de milhares. Normalmente são mais acessíveis e mais fáceis de negociar, e podem trazer resultados mais duradouros e menos virais.

3. Não esqueça de quem esteve com você desde o início

Construir um relacionamento profissional exige dedicação e atenção a todas as esferas, inclusive às mais antigas. Não vire as costas para aquele influenciador pequeno que lhe ajudou a lançar a marca depois que você atingiu milhões de interações com o patrocínio de um influencer gigante nacional. Lembra da tática do boca-a-boca? Pois o influenciador de menor alcance, mas que era fiel à marca, pode causar um estrago de proporções virais se ofendido com a sua comunicação.

As dicas são muitas e o assunto rende! Nas próximas semanas seguiremos falando sobre influenciadores, nos acompanhe aqui e deixe as suas dúvidas nos comentários.