No dia 14 de março, o Supremo Tribunal Federal decidiu que crimes como corrupção e lavagem de dinheiro relacionados a caixa 2 em campanhas eleitorais passam a ser julgados pela Justiça Eleitoral. O placar foi de seis votos contra cinco para aprovar a decisão. Em entrevista para o Jornal do Comércio, o advogado e especialista em Direito Penal, Antonio Tovo, do escritório Souto Correa fala sobre o assunto e é destaque no jornal desta semana. O texto e a entrevista são da repórter Caroline Grüne.
Confira abaixo a versão impressa da conversa e para ler online, é só clicar aqui.