Fala Feminina por Gabriela Souza
#episodio6

Fala Feminina Gabriela souza
“Sobretudo eu acredito no amor. Por pessoas, causas, objetivos. Acho que só quando se faz alguma coisa com amor ou por amor ela pode dar certo.”

Se engana quem acha que o feminino evoca fragilidade, quando é a definição mais pura de força e resiliência. As mulheres do passado conquistaram o espaço no mercado de trabalho, na política e saíram do lar para fazer do mundo seu lugar de atuação. Já as de hoje, carregam outros fardos. A desigualdade salarial, o não reconhecimento da jornada dupla de trabalho, o assédio físico e moral são algumas das barreiras ainda não superadas pelo nosso tecido social.

Gabriela Souza, 30 anos, sempre foi atenta a essas questões. Advogada de vocação, vive com o seu companheiro Frederico e com suas duas cachorras: Gal Costa e Bebel Gilberto. O início na carreira foi complicado: tinha a percepção de que o Direito era uma área muito fria, pouco humanizada. Foi, mais tarde, com o florescimento do debate das questões feministas e com a ânsia de querer fazer diferente, que surge um projeto pioneiro e inspirador: Gabriela Souza Advocacia para Mulheres. A marca, que carrega seu nome, traz uma proposta diferente de atuação no meio jurídico. Especializado em tratar dos Direitos das Mulheres, o escritório foi pensado para ser acolhedor e proporcionar um espaço mais próximo com as clientes. Gabriela encontrou a sua forma de atuar no Direito, mantendo a importância da profissão, sem abrir mão de sua essência generosa e afetiva.

A Fala Feminina de Gabriela Souza, por ela mesma:

Hobbies

– Fotografar. Aliás, prestar atenção ao meu gosto pela fotografia me ajudou muito, a confiar mais em mim, prestar atenção ao meu redor, observando o mundo de um jeito mais bonito.

Felicidade

– Acordar de manhã e passar cinco minutos de preguiça com meu marido e minhas cachorras e saber que não importa se o dia for bom ou ruim, amanhã terei outra vez esse momento.

Uma Lembrança De Infância

– Todos os natais da minha infância foram cercados dos meus pais, irmãos, tios, amigos, primos e primas, do modo mais clichê possível. Lembro do cheiro da casa enquanto meu pai cozinhada, da minha mãe arrumando cada detalhe e minha lembrança preferida era quando todo mundo se abraçava bem apertado. Sempre que preciso fecho os olhos e volto pra os natais com os meus.

Sucesso

– Sucesso é amar e ser amada. E ser feliz consigo mesma, entendendo e respeitando seus limites, e poder dormir uma noite de sono tranquila.

Equilíbrio

– É difícil de encontrar e necessário pra viver. Diz muito mais do que tu consegue relevar para seguir em frente e ser feliz do que daquilo que tu acha que precisa pra viver.

Uma Crença

– Sobretudo eu acredito no amor. Por pessoas, causas, objetivos. Acho que só quando se faz alguma coisa com amor ou por amor ela pode dar certo.

Universo Feminino

– É uma luta, um eterno aprendizado. Uma mistura de força e delicadeza. E agora principalmente um universo a ser divulgado, entendido e respeitado, com toda a singularidade que ele exige.

Mulheres Que Inspiram

– Toda mulher é inspiradora. Temos alguma força oculta dentro de nós que quando aparece, transforma positivamente tudo. As mães têm essa força multiplicada e tenho me inspirado muito nelas, na sua devoção aos filhos, seu desprendimento e seu amor incondicional. Minha mãe é prova disso. Além disso a nova geração me inspira porque elas já sabem que podem ser o que quiserem, independente do que será dito para elas.

Um Sonho

– Seguir meu trabalho, ajudando mulheres a perceberem que têm direitos e que pode alcançá-los.

Veja mais artigos da Fala Feminina:

2017-09-15T10:47:55+00:00 12/06/2017|Fala Feminina|